×

Atenção

Não é possível carregar o editor.
×

Erro

Não podemos mostrar um editor porque nenhum plugin de editor está publicado.

 

O iPad tem o potencial de aumentar as habilidades de comunicação em crianças com graves problemas de visão e se tornar uma ferramente terapêutica de mudança de vida.

Novas descobertas revelam que o aparelho da Apple pode ter a capacidade de melhorar a deficiência visual cortical, uma doença neurológica grave resultante de danos cerebrais que impedem as crianças de interpretar a informação visual.

Um estudo estava sendo feito sobre como as crianças respondem a interruptores adaptáveis – uma ferramenta que ensina crianças com deficiência habilidades necessárias para o desenvolvimento de línguas – quando uma assistente pediu para usar um iPad para avaliar a interação.

Os pesquisadores deram a 15 crianças com deficiência visual cortical, entre três e quatro anos de idade, um iPad para brincar e ficaram completamente chocados com os resultados. Crianças com o transtorno geralmente não olham diretamente para as pessoas e objetos, mas elas ficaram completamente atraídas pela luz do iPad e puderam interagir com objetos na tela.

Crianças com essa deficiência visual muitas vezes trabalham usando uma caixa de luz – semelhante à caixa que um médico usa para ver um raio-X – para que elas tenham tempo de ver luzes e objetos em alto contraste.

Alguém com disfunção cortical visual grave vai gastar muito tempo olhando para as luzes. Elas podem simplesmente sentar e olhar para uma luz dentro de uma casa ou para fora da janela. Até podem lançar brevemente um olhar a algo que passa, mas não olham para o rosto de pessoas e nem para objetos. Por isso essas pessoas parecem ser cegas.

Os iPads – que parecem uma caixa de luz – têm um aplicativo chamado Baby Finger, em que as crianças podem tocar imagens e formas coloridas que aparecem no fundo branco.

Os resultados foram notáveis. Os pais de crianças com a deficiência visual cortical tinham sido os primeiros a notar o potencial do iPhone como uma ferramenta terapêutica para os seus filhos. No entanto, nenhuma investigação formal tinha sido realizada até agora sobre o poder do iPad em ajudar as crianças.

Assim como o iPhone já está sendo usado com crianças com autismo para ajudá-las a ajustar a sobrecarga sensorial, há um grande potencial para usar o dispositivo como ferramenta de ensino para crianças com deficiência visual. Ele não só pode ser usado para ajudá-las a interagir com a tela, como também pode ensiná-las a controlar as coisas que vêem.

A intervenção precoce na vida das crianças com o transtorno é fundamental para seu desenvolvimento e contribui para melhorar sua visão. Com as técnicas adequadas, podem crescer células necessárias do córtex cerebral para que elas comecem a entender o que seu olho está vendo, e desenvolvam a capacidade de interpretar imagens.

Quem diria, hein, iPad? [LiveScience]

Fonte: HyipeScience

Respostas (0)
Nenhuma resposta para este artigo ainda.
Convidado
Enviar sua resposta
Voc pode inserir enquetes na sua postagem. A enquete ir ento aparecer na postagem.
Opes de voto
Nesta seo, voc pode fornecer detalhes do seu site aqui e visvel somente para os moderadores
Compartilhar Localizao

Compartilhar sua localizao atual ao postar uma nova pergunta permite que os espectadores identifiquem o local onde voc est localizado

Latitude:
Longitude:
Captcha
Para proteger o site de bots e scripts no autorizados, exigimos que voc insira os cdigos captcha abaixo antes de postar sua pergunta

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

Publicar comentário como convidado.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo

Voltar ao topo